É verdade que meninos sofrem mais de cólica que meninas?

É verdade que meninos sofrem mais de cólica que meninas?

Ao que parece, a cólica, que inferniza tanto os bebês de até 3 meses, atinge da mesma maneira meninos e meninas. Também não há diferença entre outros fatores, como se primeiro ou segundo filho, ou ser bebê que mama no peito ou que toma mamadeira de fórmula.  Ninguém sabe por que alguns bebês têm mais cólica …

10 remédios que você não deve dar para crianças

10 remédios que você não deve dar para crianças

Todo cuidado é pouco com remédios para crianças! Consulte sempre o médico antes de dar um remédio pela primeira vez para o seu filho. Os bebês, em especial, são bem mais suscetíveis do que os adultos a reações adversas a medicamentos. Se o bebê vomitar ou ficar com marcas, manchas ou bolinhas avermelhadas na pele …

Febre na criança pequena

Febre na criança pequena

Febre sempre deixa os pais preocupados, mas é importante lembrar que ela é um processo comum, que vai se repetir muitas vezes na vida da criança. A febre faz parte da defesa natural do organismo do bebê contra uma infecção. Meu filho está com febre. O que fazer? Tradicionalmente, considera-se febre uma temperatura acima dos 37 …

Estimulando o paladar do bebê

Estimulando o paladar do bebê

Paladar deve ser estimulado livre dos preconceitos dos pais, se os pais não gostam de determinado alimento o bebê poderá gostar, desde que tenha a chance de conhecer o sabor ATENÇÃO! Até o sexto mês de vida o bebê deverá ser alimentado exclusivamente com o leite materno. Ele não precisará de água ou chás. Qualquer …

É verdade que bebê menina dorme melhor que bebê menino?

É verdade que bebê menina dorme melhor que bebê menino?

Não, não é verdade que bebês do sexo masculino não durmam tão bem quanto as menininhas. Não existem estudos que comprovem que um dos sexos durma melhor que o outro. E não é por falta de pesquisa.  Muitos cientistas já analisaram os padrões de sono de bebês meninos e bebês meninas incluindo a duração do …

Transtorno Bipolar em crianças: sete fatores que ajudam a identificar

Transtorno Bipolar em crianças: sete fatores que ajudam a identificar

Médico neuropediatra e psicopedagoga ensinam que o Transtorno Bipolar ocorre em crianças e contam como os pais podem identificar sintomas Diferente do TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), que pode atingir de 6 a 10 por cento da população infanto-juvenil, o Transtorno Bipolar atinge 0,8 a 1 por cento das crianças, e já …

A barriga da mulher depois do bebê

A barriga da mulher depois do bebê

É provável que você esteja surpresa com a aparência da sua barriga depois do nascimento do bebê.  Ele não está mais lá, mas mesmo assim, em volta do umbigo, a barriga está estufada. E você parece estar grávida de 6 meses!  As pessoas até perguntam na rua para quando é o bebê, e você tem …

Você já testou? “Pote da calma” promete tranquilizar as crianças

Você já testou? “Pote da calma” promete tranquilizar as crianças

OS EFEITOS E O BRILHO DO POTE CHAMARIAM A ATENÇÃO ENQUANTO AS CRIANÇAS SE ACALMAM Calming Jar, em livre tradução, o vidro ou o pote da calma, um instrumento inspirado no método Montessori, usado para acalmar as crianças depois de um choro ou de uma briga. Em especial o instrumento ajudaria as crianças a ficarem tranquilas para conseguirem escutar o que …

Pediatras dizem NÃO ao suco de frutas no primeiro ano da criança

Pediatras dizem NÃO ao suco de frutas no primeiro ano da criança

As novas recomendações podem surpreender os pais que pensavam que o suco de fruta é 100 por cento saudável para bebês ou nutricionalmente equivalente ao próprio fruto Não há uma ligação convincente entre a obesidade e as crianças que bebem quantidades modestas de suco de frutas. Ainda assim, as novas diretrizes defendem que o suco …

A criança de dois anos

A criança de dois anos

A partir dos dois anos, tem início uma grande transformação no comportamento da criança. É uma fase cujo pico ocorre entre 3 e 4 anos, declinando gradualmente Em primeiro lugar, os pais devem saber que seu “bebê” deixou de sê-lo e se tornou uma criança. Não se trata apenas de nova nomenclatura. Há de se …