Sinais de Alerta na Gravidez

É normal ter problemas na gravidez, mas é importante perceber quando pode ser anormal

A maioria dos sintomas físicos que a mulher experimenta durante a gravidez são normais, mesmo que não sejam exatamente confortáveis. Eles são simplesmente o resultado de estar grávida. Mesmo assim, é fácil se preocupar, se perguntar se tudo está bem e se há como você saber se não está. Embora complicações reais sejam raras, é sempre bom saber em que prestar atenção.

Aqui estão alguns sinais que podem indicar problemas na gravidez:

  • Sangramento ou manchas vaginais

  • Ruptura prematura das membranas (também conhecida como a “bolsa estourou”). Isso pode aparecer como uma gota de fluido, um vazamento constante ou um jorro. A ruptura é considerada prematura a qualquer momento antes da 37ª semana.

  • Dores abdominais persistentes ou contrações uterinas prematuras.

  • Mudança ou ausência de movimentos fetais (o bebê chutando ou virando) por mais de 24 horas após a 20ª semana.

  • Dor de cabeça forte que continua por mais de duas ou três horas.

  • Distúrbios visuais, como embaçamento ou visão dupla.

  • Desmaio ou tonturas (sensação de cabeça leve também pode ser um sintoma normal da gravidez).

  • O ganho de peso é de quase 1 quilo por semana (não relacionado a excessos!).

  • Dor forte acima do estômago, sob a caixa torácica.

  • Inchaço ou abcessos (edema) em rosto, olhos ou mãos. Inchaço nos pés ou mãos é normal durante a gravidez, mas deve ser monitorado.

  • Vômitos que continuam ao longo de vários dias e ocorrem mais de duas ou três vezes por dia, especialmente após o primeiro trimestre, quando qualquer “enjoo matinal” deveria ter acabado.

  • Sinais de infecção (febre, calafrios, sensação de queimação ao urinar ou diarreia).

Se sentir algum desses sintomas, entre em contato com o seu profissional de saúde imediatamente. Dessa forma, você não se preocupará e, se houver um problema, ele pode ser resolvido imediatamente.

Fonte: Pampers

Leia também

Gravidez sem neuras – Especialista aponta o Top 5 de inseguranças no período gestacional

Produtos para uma gestação mais tranquila 

Dor de cabeça na gravidez 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>