13 sinais de alerta para levar seu filho para uma emergência

Quando se trata da saúde dos nossos filhos, qualquer sinal diferente já ficamos preocupados e nervosos querendo levar para o hospital. Mas será que é caso para correr para uma emergência?

É muito comum ver nas salas de espera crianças agitadas que passam bem e que não precisariam estar ali. Mas sem saber como agir, com medo de ser algo mais grave e muitas vezes sem conseguir falar com o pediatra não pensamos duas vezes e corremos para o hospital, né? Quem aqui já fez isso? Normal.

Claro que muitas vezes é necessário correr sim, mas é importante entender que nem todos os sintomas que nossos pequenos apresentam é preciso ir para o hospital. Afinal lá transitam muitas pessoas doentes e pode ser um local de risco para a saúde deles também. A pediatra Dra. Danielle Negri junto com a Dra. Luiza Castanheira listaram os principais sinais de alerta que precisamos procurar ajuda rápido. Confiram!

1) O bebê não consegue acordar direito, chora fraco ou está muito sonolento, especialmente se estiver diferente de outros dias.

2) Dificuldade para respirar: o bebê está cansado, especialmente durante as mamadas e/ou gemente.

3) Presença de palidez ou alteração da cor das mãos ou dos pés.

4) Recusa várias mamadas seguidas ou aceita muito pouco.

5) Vômitos em grande quantidade, especialmente se forem acompanhados de febre ou diarreia.

6) Aumento do número de evacuações ou fezes muita líquidas ou com sangue, especialmente se acompanhada por vômitos, recusa alimentar e/ou febre.

7) Abdome distendido (“barriga estufada”).

8) Sem urinar (fralda seca) nas últimas 12 horas.

9) Urina de cor escura e/ou cheiro forte.

10) Piora da icterícia (cor amarelada da pele), atingindo palmas e plantas.

11) Vermelhidão, secreção ou mau cheiro no umbigo.

12) Temperatura corporal menor que 35,5°C ou maior que 37,8°C.

13) Tremores no corpo todo, convulsão (ataque) ou parece “desmaiado”.

Lembrando que o ideal é ligar para o pediatra que faz o acompanhamento da criança antes de levar seu filho para uma emergência.

Fonte do Site: chegueiaomundo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>