45 coisas que um homem deve saber sobre a gravidez e a paternidade

Nem sempre um homem tem grande ideia do que vem quando passa a ser pai pela primeira vez. Esta é uma abordagem engraçada que pode mostrar ao seu companheiro e divertir-se com ele enquanto lê. Ser pai também tem brilho!

pai-com-bebe

  1. A partir do momento que a mulher anuncia sua gravidez, ela passa a ser o centro da atenção, não o homem. Habitue-se.
  2. Quando o bebê nascer, tanto a mãe, quanto o bebê, necessitam de atenção. Afinal, se preparou durante nove meses para não ser o centro das atenções.
  3. A sua casa passa a ser mais pequena, e será sempre pequena, e se sugerir outra coisa, é sinal que o seu cérebro está ficando pequeno.
  4. Está preparado para fazer da sua mãe e pai, avós pela primeira vez? Prepare-se para algumas reações menos populares. Se for um pai jovem, dê aos seus pais algum tempo para se habituarem à ideia.
  5. A sua mulher irá querer ter um parto na água, irá querer um parto com uma parteira, irá querer um médico, não irá querer uma epidural, ela irá gritar por uma epidural, a cesariana parece uma boa opção, mas na hora pode ser uma grande má ideia. Irá concordar sempre com todas as ideias.
  6. As aulas de preparação para o parto não parecem ter qualquer utilidade, mas esteja sempre presente na mesma.
  7. O olfato da sua companheira estará tão sensível, que irá estar tentado a levá-la a farejar trufas. Nunca o sugira.
  8. Saiba que não é realmente o treinador. Dirão que é o treinador, mas a realidade é que está na hora de se calar e deixá-la terminar e ganhar o jogo.
  9. Terá menos dinheiro e não comprará roupas para si, pelo menos durante um ano. Considerará deixar a TV à cabo, e que no momento comprar uma TV 3D não é uma boa opção. Mas haverá sempre dinheiro para um berço, um carrinho, equipamento para o carro e várias roupinhas coloridas de todos os formatos para o bebê.
  10. Está na hora de levar o carro à revisão, depois poderá não haver dinheiro nem tempo.
  11. Durante a primeira semana depois de a sua mulher sair do hospital, aprenderá a comer pizza diariamente.
  12. Anuncie o parto a todos, será das muitas raras vezes em que as pessoas ficarão genuinamente felizes pela sua sorte.
  13. Irá segurar o bebê de forma incorreta, mas segure-o na mesma.
  14. Na altura em que mudar a segunda fralda, parecerá a coisa mais normal do mundo.
  15. Durante o parto não irá desmaiar, isso é só nos filmes.
  16. Cuidado com a palavra “Nós”. Jamais diga coisas como “nós nem sentimos as dores do parto”.
  17. Haverá um dia em que o seu filho será um herói. Aprecie-o, pois não irá durar.
  18. As contrações são coisas estranhas, e a probabilidade de acontecerem como aprendeu nas aulas de preparação para o parto é ínfima. Quando a sua companheira lhe disser que está na hora de ir para o hospital, é porque está na hora de ir para o hospital.
  19. Quando a sua mãe lhe disser que amamentar faz cair as mamas, que os bebês apenas necessitam de comer de 4 em 4 horas, e que se pegar no bebê sempre que ele tiver uma crise de choro, ele nunca será uma pessoa independente, não acredite nela.
  20. Durante a segunda semana depois de o bebê chegar do hospital, irá aprender a gostar de pizza todos os dias.
  21. Irá ficar espantado com o quanto consegue funcionar com tão pouco sono.
  22. O seu filho ou filha irá ser “o melhor” durante muito tempo, a sua vez irá chegar muito mais tarde.
  23. Ninguém sabe porque é que os bebês usam tantas peças de roupa, especialmente quando não praticam grandes atividades.
  24. É perfeitamente normal olhar um bebê dormir durante horas, e até é normal fotografar ou gravar em vídeo do bebê dormindo durante horas.
  25. Qualquer que seja a má fase que o seu filho ou filha esteja passando, irá sempre encontrar uma solução. Contudo, quando a encontrar, ele ou ela, estará numa outra fase ainda mais confusa.
  26. Tudo o que pensa que vai enjoar e aterrorizar não vai: cocô de bebê, comida, vômito, xixi de bebê – tudo na sua roupa.
  27. Durante o segundo mês do bebê em casa, ainda vai comer pizza diariamente.
  28. Sexo com uma grávida é bom, apenas não grave nada, para mais tarde recordar.
  29. E ainda dentro do tema do sexo, durante o próximo ano tente pensar mais em amor do que em sexo.
  30. O seu filho será o centro de atenções, não tente tomar o lugar dele.
  31. Evite falar sem parar sobre o seu bebê. Terá muito tempo em casa para falar sobre isso.
  32. Se a sua mulher se queixar de dores do parto não pergunte “Tem certeza?”. Vá buscar o médico.
  33. A coisa mais surpreendente que pode sair da sua mulher durante o parto são os insultos que ela vai fazer a você e a sua mãe.
  34. Depois do parto, haverá um dia em que terão uma saída romântica apenas os dois, e a meio da saída, ela começará a sentir saudades do bebê. Não se preocupe que isto não vai durar para sempre.
  35. Irá ouvir muitas vezes dos seus amigos pais “isso passa”.
  36. Depois de receber todos os familiares para visitar o novo bebê, irá começar a perceber as séries engraçadas da  TV sobre famílias e bebês.
  37. Não tem que estar na sala de partos. Também não tem que esperar que a sua mulher lhe dirija a palavra durante muito tempo.
  38. Não, não poderá trocar presentes do bebê nas lojas de materiais de mão de obra.
  39. Poderá provar o leite materno, mas isso não significa que goste dele.
  40. O único peso que poderá controlar será o seu.
  41. É fantástico estar grávida – durante as duas primeiras semanas. Depois da amniocentese, dos testes genéticos, das aulas de preparação para o parto, irá viver cheio de ansiedade e de exaltação para o resto da vida. Dê um grande beijo aos seus pais, aprecie-os.
  42. Vai perceber porque é que existem pais que passeiam o carrinho do bebê nos centros comerciais.
  43. 6 meses depois do parto vai estar à espera que a sua vida sexual seja animada e volte ao mesmo, com alguma sorte ela estará a pensar em fazer amor e não sexo.
  44. O seu bebé irá ser melhor que qualquer bebê do mundo.
  45. Um bebê muda tudo, mas não é essa a ideia?

fonte>> http://demaeparamae.pt/artigos/45-coisas-que-homem-deve-saber-sobre-gravidez-paternidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>