Gravidez de risco, saiba quais os cuidados a serem tomados

Em geral, a gravidez se desenrola num clima de normalidade e saúde. Mas existe algumas doenças que requerem cuidados triplicados por parte do obstetra e, muitas vezes, de uma equipe multiprofissional.

Anemia

Prejudica o envio de oxigênio ao feto, afeta o número e a qualidade de glóbulos vermelhos no sangue. Costuma ser causada pela desnutrição, atingindo assim não só as camadas menos favorecidas da sociedade, como também as grávidas de melhor poder aquisitivo que por medo de engordar demais, se submetem a dietas de fome.
É importante aumentar a ingestão de alimentos ricos em ferro. Alguns deles são: espinafre, beterraba, abóbora, ervilha, alface, acelga, feijão, peixe, fígado, ovos, carne, aveia e germe de trigo.

Diabetes

Quando não acompanhada pelo obstetra, a doença pode levar a um parto prematuro, ao nascimento de um bebê de baixo peso, ou então de um bebê de excesso peso.
Um pré-natal rigoroso, com consultas suplementares, de acordo com o perfil da gestante, e uma dieta específica, além da utilização de medicamentos adequados, tem o poder de diminuir ao máximo os riscos.
A gestante diabética deve dar preferência a alimentos fibrosos, com o poder controlar o diabetes, tais como: abacaxi, abóbora, arroz integral, cebola, brócolis, nabo, pêra, rabanete e tomate.

Hipertensão

A hipertensão torna-se uma ameaça à gravidez em uma fase de sobrecarga metabólica, o que por si só já levaria a um natural aumento de pressão. Uma grávida hipertensa bem assistida através de um pré-natal cuidadoso, nada tem a temer.
A alimentação é um ponto fundamental para ajudar a manter a pressão sob controle. Deve-se evitar os enlatados, as comidas prontas ou semi-prontas de supermercado (têm excesso de sódio) e os alimentos naturalmente salgados: caldo de carne, lingüiça, bacalhau, azeitona etc. No entanto, pode abusar dos temperos como: pimentão, louro, cebola, páprica, que servem como substitutos do sal na carne, peixe e ovos.
fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>